segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Cinebook | Episódio 2x06 - As Irmãs de Ferro ( Shadowhunters ) #33


Avaliação:
     

ATENÇÃO: Este Texto contém SPOILER! Caso não tenha assistido ao episódio não leia o conteúdo abaixo.

Aprendendo duas lições com este episódio: Primeira, nunca use algo que lhe dão, sem ter conhecimento, isso pode destruir seus sonhos. Segundo, se estiver em um primeiro encontro nunca fale de ex-namorados.


A série pode está ficando a cada dia mais diferente dos livros, mas sinceramente apesar de algumas modificações e de alguns fãs não gostarem eu estou amando a adaptação. A produção está conseguindo manter a essência dos livros e isso que importa, concordam?


Nesse novo episódio, Jace novamente orienta Clary a não revelar para ninguém sobre seu poder de criar novas runas, dizendo: "A clave é rápida em perseguir aquilo que desconhece." A proximidade de ambos nesta cena, deixou o desejo que vê-los juntos como um casal... mas sabe como é, eles permanecem irmãos, além disso alguns casais novos ainda precisam acontecer, então vamos aguardar os próximos capítulos (mais não custa imaginar, né) #VoltaClace


Como o próprio título diz, neste também temos a primeira aparição das Irmãs de Ferro. Mesmo que nos livros a introdução das Irmãs seja tardia, acredito que estava mas do que na hora delas terem seu lugar de destaque assim como os Irmãos do Silêncio na adaptação. Quando Clary e Izzy atravessam o portal chegando a Cidadela Adamant, vemos como a série tem evoluído no quesito de criação visual.Mesmo que o castelo não seja feito de adamas (como nos livros), sua vista no alto das montanhas, juntamente a entrada com seu portão de espadas entrelaçada se fechando após Clary e Izzy passar, foram muito bem trabalhados.

Depois da recepção nada comum das Irmãs (como verdadeiras guerreiras), descobrimos uma nova personagem incluída apenas para serie de TV: Cleophas. A nova integrante da árvore genealógica de Luke Garroway é sua irmã. Qual a necessidade da sua existência? Ainda não sabemos, mas este episódio mostrou que Cleophas não será alguém muito confiável. Porém sua interação pode reacender outro personagem: Luke. 

Com a morte de Jocelyn, todos se perguntavam: "O que será de Luke, na série sem ela?" Agora já deu para sentir que os produtores tem planos para Luke individualmente, como o responsável da matilha.

Isso fica claro após Maia procurar Simon e dizer que mesmo que os outros lobos tenham parado de procurar Luke, ela não vai desistir até encontrá-lo. Unidos pelo seu objetivo em comum, Simon e Maia seguem de carro para localizá-lo. 
Então algo sem sentido acontece....

Primeiro Maia fala que só aceita ir com Simon se ele conversar o menos possível e na sequência da cena ambos começam a relatar fatos íntimos como amigos de infância, isso foi estranho. Nos livros essa amizade cresce naturalmente, mas nessa cena foi tudo muito rápido e forçado.

Mas a prova que Luke ganhará espaço nos próximos episódios, vem de Maia. Ao contar para Simon sobre o seu primeiro encontro com Luke e como ele a ajudou em um momento traumático, fica evidente que sua gratidão é o que a impulsiona a ajudá-lo e é exatamente isso que ela e Simon fazem ao encontrá-lo.

Agora falando de primeiros encontros, finalmente Magnus e Alec tem o seu!

Magnus manda uma mensagem de urgência para Alec, sabendo que só assim chamará a atenção do amado. Ao perceber que não há nada de errado, Alec até tenta ir embora, mas Magnus sabe como convencê-lo a ficar. E cá para nós, Alec realmente precisa parar de lutar um pouco e ter um tempo com seu "futuro namorado". Eles vão para um bar, tudo parece colaborar para o clima de romance entre rapazes, até que Magnus acaba tocando em um assunto um pouco "sensível" para Alec. Sincero, Alec admiti que Lydia foi sua única "ex" ( o que não conta como uma, como sabemos) logo ele revela que nunca teve um relacionamento de verdade, já que por ter crescido no Instituto, sabia que nunca poderia ter o que queria (Jace) até Magnus aparece na sua vida.

Então o centenário Magnus Bane e seus anos de experiência atrapalham a noite dos dois, pois curioso Alec acaba "jogando o feitiço contra o feiticeiro" literalmente, fazendo-lhe a mesma pergunta, e assim temos a parte mais tensa e engraçada do episódio: Magnus dizendo que já teve 17.000 relacionamentos antes de Alec. A expressão de Matthew Daddario e Harry Shum Jr foi impecável nesta cena, muito bom!

Lógico que o fato acaba mexendo com Alec, afinal foram muitos relacionamento antes dele, enquanto Magnus é o seu primeiro. Ao chegarem ao loft de Magnus ele desabafa suas diferenças, Magnus coerente concorda pois sabe que eles são totalmente opostos, Alec parece desistir de Magnus, então acontece a cena que todo fã #Malec esperava: O beijo.
  
Alec se dá conta que se ir embora agora estará arruinando a única coisa que construiu pensando sem si, pela primeira vez na vida e Magnus sabe que apesar da inocência de seu amado isso não será um impedimento para separá-los...A não ser que Jace apareça "rs", brincadeira a parte admita, você também quis matar o Jace por interromper este raro momento romântico, pedindo abrigo a Magnus após ser expulso do Instituto por Aldertree, não é verdade?

A pureza de Clary, o novo sentido da espada alma, a descoberta sobre Yin Fen e a traição de Cleophas

Apesar da empolgação com o primeiro encontro #Malec e temos Luke de volta os quatro pontos acima foram os mais impactantes neste episódio. Após um teste de pureza para entrar no castelo das Irmãs, temos a confirmação que Clary possuí puramente sangue angelical nas veias, por outro lado Izzy quase morre e descobre que o Yin Fen dando por Aldertree para curá-la faz na verdade o oposto. O yin fen aqui na série é descrito como veneno de vampiro e não como pó de demônio como nos livros e talvez isso leve Izzy para Raphael agora que sabemos que ela não traiu Clary revelando o poder da jovem para Aldertree em troca de mais yin fen.

Após entrar no castelo Cleophas conta a história da espada alma para Clary e assim temos mais mudanças. Ela diz que a espada pode ser ativada com um raio para destruir todos os submundanos e não para invocar o anjo Raziel como nos livros. Espero que isso faça sentido nos próximos episódios, pois foi uma escolha arriscada para a série, por ser algo tão significativo na história original.

Então para finalizar o grande "climax" do episódio fica por conta da revelação de Cleophas. Não consigo tirar da minha mente, essa mulher matando sua companheira de ferro e revelando sua runa do ciclo de Valentim, foi cruel, foi de arrepiar!

Para você que ainda não assistiu este episódio de Shadowhunters, Confira o Trailer abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atividades do Blog