sexta-feira, 21 de julho de 2017

Notícias | Promo dos episódios finais da 2ª temporada de Shadowhunters é divulgado


Essa semana foi agitada para os fãs de Shadowhunters!

Após a revelação de Sarah Hyland ( Namorada de Dom (Jace)) irá interpretar a Rainha Seelie em sua aparência adulta e sabermos que pela primeira vez o elenco participaria na San Diego Comic Con 2017, no evento um novo trailer dos 4 últimos episódios foi divulgado. 

O clima de suspensa prevalesse no trailer, além do comunicado que " Antes que a guerra termine, alguém vai morrer". Palpites? Eu tenho os meus, mas sem spoilers, certo? A única coisa que direi é que está chegando um grande momento dos livros para os personagens de Clary, Jace, Max e Valentim. 

Shadowhunters vai ao ar as segunda-feiras pela FreeForm e as terças pela Netflix. 

Confira promo legendado abaixo: 



terça-feira, 18 de julho de 2017

Notícias | Sequência de Dama da Meia-Noite ganha capa


Enfim, Senhor das Sombras tem capa nacional divulgada!

No dia 13 de Julho a autora Cassandra Clare informou através de seu twitter que o livro "Senhor das Sombras" sequência de "Dama da Meia-Noite" da série Os Artifícios das Trevas terá seu lançamento em 04 de Setembro deste ano.

Sendo o site Idris.BR, a editora Galera informou que a pré-venda já estaria disponível nesta semana, e aqueles que adquirir o mesmo deve vir acompanhado de cards com imagens de personagens.

Confira sinopse abaixo:

"A ensolarada Los Angeles pode ser na verdade um lugar sombrio em “Lord of Shadows”, de Cassandra Clare, sequência do livro campeão de vendas do New York Times e USA TODAY “Dama da meia-noite”. “Lord of Shadows” é um livros sobre os Caçadores de Sombras.

Emma Carstairs finalmente vingou seus pais. Ela pensou que estaria em paz. Mas ela está tudo, menos calma. Dividida entre seu desejo por seu parabatai Julian e seu desejo de protegê-lo das consequências brutais dos relacionamentos entre parabatai, ela começou a namorar seu irmão, Mark. Mas Mark passou os últimos cinco anos preso entre as fadas; Ele pode ser verdadeiramente um caçador de sombras mais uma vez?

E as cortes das fadas não estão quietas. O Rei Unseelie está cansado da paz fria e não concederá mais às demandas dos Shadowhunters. Pegos entre as exigências das fadas e as leis da Clave, Emma, Julian e Mark devem encontrar uma maneira de se unirem para defender tudo o que consideram mais importante – antes que seja tarde demais."

Fonte de sinopse : Idris.com.br

Confira mensagem da escritora abaixo:



segunda-feira, 17 de julho de 2017

Cinebook | Episódio 2x15 – Problemas de Memória (Shadowhunters #Review) #47


Avaliação:    

ATENÇÃO: Este texto contém SPOILER! Caso não tenha assistido o episódio não leia o conteúdo abaixo.

Preparem os lenços, pois este episódio teve muitas lágrimas. 

No episódio 14, Simon viveu um verdadeiro pesadelo. Isso porque a Rainha Seelie obrigou Clary a revelar seus profundos sentimentos por Jace após um beijo longo e demorado. Similar ao livro Simon fica transtornado com o coração destruído, mas como a série de TV tem o dom de mudar as coisas, para aqueles que como eu, tinha esperança de ver enfim Jordan (ex de Maia que ajuda Simon em sua transição como vampiro) em cena, sinto desapontá-los, mas ainda não foi dessa vez. Simon procura afogar-se em muito sangue em um bar submundano e Quinn (outro vampiro) o induz a buscar direto da fonte em um covil de vitimas que se oferecem como bebida. Em outras palavras um convite para Simon perder totalmente o controle que ainda lhe restava! Pobre Simon!

Alguns fatos que mais gostei neste episódio foram a jeito como lidaram com o passado de Magnus e a maneira como mostraram para o telespectador a armação de Sebastian, passo a passo para chegar ao Instituto de Nova York. Ambas as histórias foram modificadas, mantendo um pouco da essência dos livros e o mais interessante foi que mesmo assim o resultado final foi satisfatório para os personagens em questão.  

Nos livros, Sebastian está em Idris quando conhece Clary e o que ninguém suspeita é que na verdade Sebastian Verlac foi morto para que Jonathan (irmão de Clary) usasse sua identidade para se aproximar dos shadowhunters.  Na série Sebastian salva Izzy que grata o leva para o Instituto e logo Sebastian tornasse alguém confiável acima de qualquer suspeita.  Porém para os fãs dos livros que assistem a série estava meio confusa essa dinâmica diferente que os produtores criaram, não havia sinais de disfarce no personagem como, por exemplo, a pintura de cabelo falada nos livros, apesar de Will Tudor estar excelente em sua interpretação. Enfim neste episódio tudo foi explicado com riqueza de detalhes. A aparição de dois Sebastian em cena foi de confusão a esclarecimento em poucos minutos. 

Quando Aline Penhallow (prima do verdadeiro Sebastian) chegou ao Instituto para visitá-lo era visível o desconforto do personagem, ele não sabia o que falar ou como agir. Então Sebastian corre para seu apartamento em busca de informações sobre sua suposta prima (alguém que estava fora do seu planejamento) e assim descobrimos que a pessoa que ele mantinha prisioneiro é o verdadeiro Verlac. Que ao fugir acaba morto por Sebastian. Ou seja, mesmo que os produtores tenham buscado outro modo de incluir o personagem com contexto diferente dos livros, estão respeitando os acontecimentos principais da história original para alívio de todos. Uma curiosidade sobre Aline é dita em sua confessa com o falso Sebastian. Nos livros ela se envolve com Jace, assumindo mais tarde o relacionamento com outra caçadora de sombras.  Na série tudo indica que isso será desenvolvido de forma similar ao que foi com Alec. Afinal ficou claro que Aline possui alguns casos secretos e ainda não assumiu para os demais shadowhunters que também é homossexual.

Falando de Magnus Bane, após a tortura da Clave quando estava no corpo de Valentim o feiticeiro vem dando sinais que não está muito bem e o primeiro a perceber isso é Alec. Pela primeira vez vimos Alexander dormindo na cama de Magnus, o que a meu ver, fortalece a seriedade desse relacionamento que é muito presente nos livro e que por vezes pareceu mecânico na série de TV. Esse episódio trouxe uma atmosfera de intimidade, amor e companheirismo para o casal #Malec. Em uma conversa com Izzy, Alec diz que sente que seu namorado não está bem, que precisa dar espaço para ele poupando-o de preocupações desnecessárias e Izzy lhe da o melhor conselho: “Às vezes uma pessoa não consegue pedir ajuda, não permita que ele lhe afaste.” Alec escuta sua irmã e retorna ao apartamento de Magnus (Que pelo que tudo indica já é seu segundo lar, afinal ele disse :“Já é a quarta noite que acordo sozinho em uma cama”) Alec diz o feiticeiro que o ama e o convence a lhe contar o que está o atormentado.     

Então Magnus relata seu passado, como a morte de sua mãe o abala, mas principalmente o fato de ter matado seu padrasto após culpá-lo pela morte dela o chamando de abominação. Nos livros Magnus sempre parece relutante em falar sobre seu passado com Alec, isso também está presente na série, mas quem não adoraria ver as muitas camadas do personagem em cena? Eu adoraria (afinal, Magnus é meu personagem favorito). Então toda a emoção, dor mostrada por Harry Shum Jr que foi incrível nesta cena, conseguiu mostrar que o feiticeiro também possui sombras que prefere esconder de todos. Espero que os produtores continuem explorando o passado centenário de Magnus Bane.  

Voltando para #Climon, admito que eles conseguem superar as expectativas quando o assunto é fim de relacionamento. Clary e Simon estavam sendo um casal tão meloso que muita gente estava torcendo para que chegasse logo ao fim (O que inclui a mim), e depois de todo o drama envolvendo Simon neste episódio que ele pensou ter matado alguém e por fim acaba realmente a fazer isso quando elimina Quinn, o jovem resolve ouvir Clary e por um ponto final no relacionamento deles. De todas as cenas desse casal a última em que Simon pede um tempo para Clary, pois sabe que no fundo não conseguiria viver em um mundo no qual ela não existisse foi a mais bonita. A melhor cena de #Climon em minha opinião. Espero que essa amizade renasça o mais breve possível. 

A única coisa que não me agradou neste episódio foi à parceira de Luke novamente estar no lugar errado na hora errada, parece que essa mulher está em toda parte. Realmente ainda não entendi a necessidade dessa personagem. Vamos ver os próximos episódios. 

Para finalizar “Problemas de memória” teve sua grande revelação final. Após o fracasso na missão conduzida por Izzy de transportar Valentim para Idris, e Dilan levando direto para Sebastian, nosso vilão pareceu não compreender o que estava acontecendo ao ver Sebastian transformasse em um demônio sem pele diante de seus olhos. Mas Sebastian enfim disse às palavras que esclareceram tudo: “Olá pai!”. Sim, Sebastian Verlac é o verdadeiro Jonathan Christopher Morgenstern! Xii... parece que as coisas vão piorar no próximo episódio! Estou curiosa. 

Shadowhunters vai ao ar segunda-feira na Freeform e terça na #Netflix. 

Para você que ainda não assistiu este episódio de Shadowhunters, Confira o Trailer abaixo:


sexta-feira, 14 de julho de 2017

Notícias | Babi A. Sette divulga sinopse de seu novo livro


Tem novo livro de Babi A. Sette chegando! 

A nova obra da escritora "Não me esqueça" que será publicada pela Verus Editora, teve sua sinopse divulgada pela autora através de seu facebook. 

Confira recado de Babi A. Sette para seus leitores e sinopse:

"É com o coração transbordando amor que eu tenho a alegria de divulgar a capa e sinopse de Não me esqueças.

SINOPSE: 

Aos vinte e um anos Lizzie deveria estar empenhada em fisgar um noivo e finalmente se casar. Entretanto, após uma decepção amorosa, o coração da jovem só palpita por sua grande paixão — os estudos sobre o povo e a cultura celtas. Esse interesse faz com que ela troque os concorridos salões de baile de Londres pelas estradas desertas e sinuosas das Highlands escocesas. Ali, ela conhecerá Gareth, o enigmático líder do clã que vive no local mais remoto e bucólico da Escócia. Envolto em uma aura de mistério, ele luta para manter suas tradições, seus segredos e, principalmente, seu povo em segurança. Enquanto o austero Gareth tem a vida toda sob controle e resiste a mudanças, Lizzie está muito entusiasmada com suas explorações e descobertas. Porém a vida de ambos é alterada de maneira inexorável quando uma fatalidade transforma a tão sonhada aventura de Lizzie em pesadelo. Vindos de mundos tão diferentes, mas unidos por uma atração irresistível, Lizzie e Gareth vivem uma paixão proibida e desafiadora, sem saber que finalmente poderão encontrar aquilo que só ousavam buscar em sonhos.
Em um cenário de contos de fadas, Babi A. Sette convida o leitor a mergulhar em um mundo novo, repleto do encantamento que somente um amor de almas gêmeas pode realizar.


E é hora de agradecer: Marina Avila vc é a melhor capista, obrigada! Verus Editoraobrigadaaa tá sendo demais trabalhar com vcs, Increasy: obrigada meninas, sucesso! Minhas betas lindas muito obrigada, vcs foram e são demais. Amo vcs... E por fim todo mundo que tá aqui lendo até o final, <3 Obrigada, obrigada obrigada."



sexta-feira, 7 de julho de 2017

Notícias | Livros da série “Black Mirror” serão publicados no Brasil


Se você acompanha a série da Netflix Black Mirror, vai curtir essa notícia!

A Editora Suma de Letras informou que adquiriu os direitos para publicação da trilogia inspirada na série da Netflix, que deve ocorrer no próximo ano. Os livros terão três histórias, escritas por diversos autores sendo editadas pelo criador de Black Mirror, Charlie Brooker.   

Charlie adiantou: 

Serão histórias novas de Black Mirror escritas por autores excitantes, essa é a perspectiva. E todas elas virão através de uma grande tecnologia conhecida como livro. Aparentemente, você só precisa ler alguns símbolos impressos com tinta em papel e imagens e sons magicamente começam a aparecer em sua cabeça, construindo uma história. Me parece algo ótimo, mas vamos ver.



Resenha | Percy Jackson – O Mar de Monstros – Rick Riordan – Livro 2




Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca 
Páginas: 304
Avaliação:      


Agora Percy Jackson sabe: Ele é filho de Poseidon, deus do mar. 

Ao final do primeiro livro Percy retorna para casa na companhia de sua mãe, cumprindo assim o novo ano letivo. Tudo parece bem até que novamente fatos acontecem levando nosso herói para o acampamento que se encontra um verdadeiro caos. Primeiro os sonhos com seu amigo Grover o deixam preocupado, depois Annabeth reaparece dizendo que a árvore de Thalia foi envenenada. Quíron é acusado pelo crime e Tântalo assumi sua posição e comando do acampamento. Todos os semideuses se desesperam por soluções que possa curar a árvore e fazer com que o refúgio Meio Sangue volte a ser seguro outra vez.

Entre ciclopes e aventuras em alto mar este segundo livro da franquia assumi um estilo diferenciado do primeiro. No início Percy Jackson está na escola mais uma vez, porém agora ele tem consciência dos perigos a sua volta e está atento aos detalhes, existe um amadurecimento no personagem. Ele também possuí um novo amigo Tyson, que mais tarde acaba descobrindo ser um ciclope e seu meio-irmão. A princípio parece que Tyson foi criando para proteger Percy, mas logo os papeis se invetem e quando isso ocorre compreendemos que indiretamente Poseidon está sempre ajudando e ouvindo os pedidos de Jackson. 


"Tyson pareceu nem notar. Estava perplexo demais, tentando espantar o tridente reluzente que agora desaparecia pouco a pouco. Ele era muito inocente para entender quanto estavam rindo à custa dele, e como as pessoas eram cruéis.
Mas eu entendi.
Eu tinha um novo companheiro de chalé. E tinha um monstro como meio-irmão." - Pág. 73


Quando Percy finalmente entende que os sonhos que tem com Grover são na verdade visões por estarem interligados, que a missão de seu amigo a procura de Pã foi um fracasso encontrando-se preso na ilha de Polifemo, ciclope responsável pelo roubo do Velocino de Ouro (item que precisa para curar a árvore de Thalia) Percy sugere uma missão Tântalo para recuperar o item. Neste ponto pensei que a história do primeiro volume iria se repetir, mas Rick Riordan realmente sabe como surpreender seus leitores. Clarisse ( garota simplesmente insuportável rs) é a escolhida para missão por Tântalo, porém estamos falando de Percy Jackson e quando se trata de seus amigos não existe algo que o impeça! Sem a permissão de Tântalo ele segue juntamente com Annabeth e Tyson para a ilha de Polifemo. 

Apesar de tanto a situação de "O ladrão de raios" quanto a de "O mar de monstros" serem de imensa grandeza e responsabilidade, tudo se torna muito mais empolgante neste segundo volume, pois Jackson enfrenta riscos, luta e usa de seus poderes para alcançar resultados pelo simples fato de salvar todos aqueles que precisão ser salvos, sem visar reconhecimento, sendo generoso e altruísta com todos. Tudo que deseja é salvar o acampamento Meio-Sangue e Grover.

Sem mais spoilers...Os pontos que mais gostei desse livro foram: 

* Ter mais detalhes sobre como a névoa funciona
* A interação de Hermes e Percy em todos os momentos que falaram de Luke com textos muito sábios.
* Percy sentindo ciúmes de Tyson por conta das atitudes de Poseidon com o irmão.
* O retorno do titã Cronos e sua armadilha final.
* A grande revelação de Quíron sobre quem é seu pai.
* A futura previsão do oráculo para Percy Jackson.
* O clima "quase romântico" que fica quando Annabeth e Percy dão apoio um para o outro.

Mesmo que as aventuras (acontecimentos em alto mar) tenha certa familiaridade com "ladrão de raios" admito que gostei mais deste livro do que do primeiro, pelo seu final imprevisível e pelas diversas surpresas ao longo das páginas. Simplesmente não tem como saber o que vem a seguir, sendo intrigante, elevando a curiosidade do leitor e fazendo-o correr para o próximo volume. #Recomendo

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Cinebook | Episódio 2x14 – Alianças Improváveis (Shadowhunters #Review) #46



Avaliação:    

ATENÇÃO: Este texto contém SPOILER! Caso não tenha assistido o episódio não leia o conteúdo abaixo.

Quando você pensa que as esperanças se acabaram, Shadowhunters surpreende novamente. Este episódio simplesmente veio para animar o coração dos fãs dos livros que já estavam meio desanimados com a série de TV. O último episódio se inicia com Jace tocando piando (Uma clara referencia aos livros). Sebastian aparece para sondar informações, tentando uma aproximação falando de Valentim, de Maia e até dos sentimentos que Jace nutre por Clary em segredo.  Desconfiado Jace não se abre totalmente, ficando visivelmente intrigado. É Sebastian, não foi dessa vez.

Com Alec Lightwood no comando do Instituto, ele decide criar um comitê com seres do submundo para melhorar as relações com o mundo das sombras (O que não agrada alguns membros do local). Alec também envia Jace e Clary em uma missão para o Corte Seelie, para investigar se a rainha Seelie teve algum envolvimento no atentado da fada Kaelie, segundo Alec a rainha exige que sejam apenas “As Criaturas de Valentim”. Ok, já sabemos aonde os produtores queriam chegar com isso certo? (Beijo na Corte Seelie )

Mas para completar a cena teriam que incluir Simon de alguma maneira.  E considerando que Clary e Simon estão um verdadeiro grude, a insistência do jovem vampiro em ir na missão privada deles foi algo considerável,  sendo plausível no contexto do personagem. Mesmo que a cena no livro “Cidade de Vidro” não tenha sido exatamente igual, todos os detalhes, figurino, textos que fizeram parte das cenas que exibiam o ambiente e regras no universo Seelie estavam impecáveis.  E para quem pensou que uma jovem menina, no caso em questão Lola Flanery, não daria conta do papel da rainha, vocês precisam assistir a este episódio.  Imagine alguém doce e perversa ao mesmo, então a interpretação de Lola, se encaixou como uma luva. Quando Simon diz que é genial ela usar a magia das fadas para manipular sua verdadeira idade, parecendo toda fofa e angelical quando da verdade é o oposto... Trouxe para série uma solução que consegue não fidelizar a imagem da rainha a uma única pessoa, ou a uma única idade como também deixar entendido que ela é um ser velho, já que Jace diz isso com todas as letras, foi perfeito. 

Agora falando do grande momento desse episódio o beijo entre Jace e Clary. 

Como disse anteriormente parece que algumas falhas foram “consertadas” com a presença dos elementos dos livros em cena. O tão amado #Clace que parecia adormecido até “Alianças Improváveis” mostrou que a chama que os uni ainda está bem viva dentro de cada um deles. É verdade que tanto o personagem de Jace quanto o de Clary pareciam ter superado muito bem toda a situação “somos irmãos” e “não somos mais, e seguimos em frente”, porém quando a rainha Seelie disse as sonhadas palavras que todos os fãs esperavam: Apenas o beijo que realmente deseja irá libertá-los para Clary (Aposto que muitos ficaram contentes com isso) era como se todo o sentimento florescesse. E sobre o beijo, bem a única coisa que vou falar é que foi longo, intimo e como se ambos esperassem por isso há muito tempo.  Os atores tão começando a me convencer como um futuro casal, a química aumentou (graças ao anjo, pois na primeira temporada era algo bem mecânico), entendem?  

Outro ponto interessante do episódio é que a reunião do comitê é formada pelos mesmos representantes dos livros, sendo eles: Magnus (feiticeiro), Melion (em nome da rainha Seelie), Luke (lobisomem), Rafael (Vampiro) fugindo apenas do original a figura de Alec como representante dos Shadowhunters. Nos livros Clary é a pessoa que tenta unir os seres do submundo e seres angelicais, mas neste momento a série conseguiu fazer com que Alec se encaixasse melhor para a situação, fazendo-o merecedor do cargo e comando o Instituto. Para quem gosta dos detalhes, saiba que acima da mesa da reunião possuía bandeiras com os símbolos de cada ser, bem legal. Então, pontinhos para produção. 

Agora algo que realmente estou muito feliz em ver é Izzy. Obrigada por trazerem a força dessa mulher de volta. Ainda estou tentando superar a conversa sincera entre Maryse Ligthwood e ela.  Sua mãe revelando sobre a traição de seu marido e Izzy já sabia de tudo e foi forte sozinha. Agüentou isso por todos, superou e ainda pediu para sua mãe seguir adiante agora que finalmente descobriu. E para completar ainda contou tudo para sua mãe sobre o yin fen. Essa é a Isabelle que conhecemos!  

Falando de acertos, Sebastian continua ganhando seu espaço. Primeiro ele tenta uma aproximação com Jace, continua com suas “aparições amigáveis” a Izzy, depois irritando Rafael, e ainda “dando uma falsa ajuda” a Alec, por favor continue assim que está muito bom! Tudo que aconteceu neste episódio teve uma ligação a ele. Luke recebendo ligações suspeitas, sendo induzido a matar Valentim, e liberto por Alec que “por coincidência” foi avisado pelo próprio Sebastian (que ficou claramente incomodando com a atitude Alec). Fiquei pensando se a intenção dele era manter Luke preso ou dizer um “Olá” para Valentim em uma mensagem oculta “Vou tirá-lo daqui”. Afinal Sebastian diz para Valentim “ Você não vai morrer hoje” que rebate com um “Eu conheço você?” Será uma encenação ou mesmo que o Sebastian da série seja loiro (E não tenha tingido o cabelo para se passar pelo verdadeiro Verlac) ainda sim sua aparecia foi modificada, bom só saberemos nos próximos episódios. 

Para concluir, nos livros o descontrole de Simon após o ocorrido da Corte, leva o rapaz a retornar ao Hotel Drummort e posteriormente virar vampiro. Na série que já está anos luz a frente ele já é até um Diurno então acredito que Jordan (ex namorado de Maia, que a transformou e ajuda Simon em sua adaptação como vampiro) está chegando, isso porque a nova parceira de Luke ao investigá-lo acaba visualizando em uma das fotos um lobo. A quem diga que seja a Maia, porém pelo andamento do seriado acredito que seja uma maneira de incluir o personagem na trama. Bom, vamos ver! 

E se você não leu os livros e assistiu este episódio com muitas referencias deles, notaram que Jace não foi o único a tocar piano e olha só gente Sebastian tocou a mesma música, porque será? Lembre-se a rainha Seelie perguntou a Clary se ela tinha certeza que é a única filha de Valentim, fica a dica! Além disso, ainda teve uma cereja do bolo, Sebastian mantém alguém preso em seu apartamento e Aline Penhallow (prima do verdadeiro Sebastian) aparece no próximo episódio, juntando o fato de ele ter um cabelo bem semelhante do personagem será o verdadeiro Verlac? Também vale lembrar, que nos livros Jonathan mata Sebastian Verlac assumindo sua identidade, como na série de TV tudo é diferente será que ele o mantem vivo em cativeiro? Estou curiosa e você?   

Shadowhunters vai ao ar segunda-feira na Freeform e terça na #Netflix. 

Para você que ainda não assistiu este episódio de Shadowhunters, Confira o Trailer abaixo: