sexta-feira, 17 de maio de 2019

Cinebook | Review Game of Thrones - 1° Temporada #59


Avaliação:      

ATENÇÃO: Este texto contém SPOILER! Caso não tenha assistido a temporada não leia o conteúdo abaixo.


Minha curiosidade por essa série se manifestou no momento que ganhei os livros/box "As crônicas de gelo e fogo" (Que estou iniciando a leitura somente agora) e após ver alguns episódios aleatoriamente resolvi compreender a história, assistindo-a desde o começo. Hoje enfim finalizei a 1° Temporada e para aqueles que se perguntam se Game of Thrones faz jus aos comentários positivos dos telespectadores, sim faz. Já estou algumas semanas sem assistir Netflix, e isso é algo praticamente impossível para mim (rs). Vou  colocar alguns fatos significativos, de maneira simples, para relatar o que achei da 1ª Temporada. Vamos lá?


Em Game of Thrones (GOT) há sete reinos e suas respectivas casas. Todas são mencionadas ao longo dos episódios, porém o enredo tem maior desenvolvimento apenas em algumas delas nesta temporada inicial. Temos: Winterfell (governada pela Casa Stark), a muralha localizada no Norte em Westeros, King's Landing capital ( A maior cidade dos Sete Reinos, local do Trono de Ferro) onde obtemos informações sobre a Casa Lannister e Casa Baratheon. Também há a Casa Targaryen, a Casa Arryn e os guerreiros selvagens Dothraki.

Ao perder seu conselheiro real, Robert Baratheon segue para Winterfell e pede a Eddard Stark que assuma o cargo. Mesmo relutante o lorde de Winterfell vai para King's Landing com o rei assumindo o posto. Porém, Ned Stark descobre que Joffrey Baratheon filho mais velho do rei, não é seu herdeiro legítimo. Após uma caçada "mal sucedida" ( uma provável armação Lanister, já que Ned revelou a Cersei que sabia seu segredo) o rei Robert acaba morrendo. Eddard Stark envia uma carta a Stannis Baratheon e tenta inutilmente cumprir com as últimas palavras do rei Robert, onde seria responsável pela coroa, auxiliando Joffey até que tivesse idade para governar. Mas a rainha Cersei Lannister rasga o testamento e junto ao filho, condena Ned como traidor por insinuar perante todos que Joffey não é filho de Robert Baratheon. Sansa, prometida de Joffey e filha de Stark implora pela vida do pai, mas mesmo Ned mentindo diante de todos, indo contra sua honra para que continue a viver, mantendo assim Joffey no poder, o jovem rei impiedoso sentencia sua morte com a decapitação.  



Obviamente coloquei aqui apenas uma pequena parte do plot principal dessa temporada, pois Game of Thrones é o tipo de série que te prende justamente pelo fato de suas diferentes história se interligarem para um fim em comum. É o tipo de série que gera discussão em uma roda de amigos, apenas para relembrar acontecimentos ou colocar alguns detalhes em dia, que lhe faltou a atenção. Como o nome da série sugere há uma luta pelo poder, para ser o rei e se sentar no trono de ferro, governando assim os Sete Reinos. Porém até que o verdadeiro herdeiro ocupe o seu lugar de direito, muitas batalhas aconteceram, e enredo deixa isso claro.



Como Joffey não é herdeiro legítimo do trono, isso coloca Stannis Baratheon na linha de sucessão por ser irmão de Robert e despertando o interesse de seu outro irmão Renly Baratheon pelo trono. Porém antes que os Baratheon governassem, existiu Aerys II Targaryen (conhecido como Rei Louco, muito mencionado na série), e seus descendentes têm direito a coroa, e assim somos apresentados a Viserys e Daenerys Targaryen, os últimos de sua linhagem. Eles desejam obter um exército para que sua Casa Targaryen retorne ao trono que lhe foi tirado. Com os Targaryen, também conhecemos um pouco mais sobre os selvagens Dothraki, que apesar de sua brutalidade, acabam se tornando valiosos seguidores para Daenerys. Preciso dizer que isso é sinônimo para guerra?


Em contrapartida, Joffey com sua atitude mal pensada, ao matar Ned Stark acaba acendendo ainda mais a fogueira e aumentando rivalidade entre as Casas Stark e Lannister. É previsível que na próxima temporada veremos mais desse confronto. Além disso, a relação familiar dos Stark é profunda, intensa, com um tipo de amor incondicional que supera qualquer diferença, isso por si só já me conquistou.  

Todos os personagens dessa família mostram muita força para lutar pelo que acreditam, e  tudo indica que sempre haverá um desafio a espera de um Stark. Três deles ganharam completamente a minha atenção, eles são: Arya, Bran e Jon Snow. Bran por conta do seu acidente inesperado que o deixou paraplégico ( estou super curiosa, já que o fato está diretamente ligado ao incesto dos irmãos gêmeos Cersei e Jamie Lannister) quero muito saber como sua história se desenvolverá depois disso na série. Arya por ser autêntica, fugindo as regras e padrões estabelecidos mesmo tão jovem, e por se encontrar perdida após a morte do pai, sua história ganhou ainda mais destaque. E por fim Jon Snow por ser um mistério absoluto. Ele se aliou a Muralha, virou um guardião da noite e quando recebeu a notícia do pai, pouco pôde fazer. No começo da série a maioria dos personagens citam a frase: "O inverno está chegando" e Jon Snow finaliza a primeira temporada em uma missão de encontro com os Vagantes Brancos, então, o que será do destino de Snow? Lembrando que o real nome da sua mãe só poderia ser revelado por seu pai Ned Stark que prometeu que contaria assim que se encontrassem novamente e isso não acontecerá, enfim, um mistério. 

E não posso esquecer de Daenerys, a rainha dos dragões! Acredito que ela foi uma das pessoas que teve o maior desenvolvimento em apenas uma temporada. Ela passou por maus bocados, e de uma mulher insegura para alguém decidida com muita sede de poder. Daenerys descobriu o amor e também revelou sua ira. Quase foi envenena por ordem do Rei Robert. Praticamente, permitiu que Khal Drogo (seu atual marido) matasse seu irmão. Depois usou tudo que possuía para que os Dothraki a vissem como uma superior. Ela viu seu amor morrer aos poucos após uma infecção em um ferimento de luta e desesperada pediu a um bruxa para que lhe salva-se. Assim tudo saiu do controle. Como consequência perdeu seu filho, teve que conviver com Drogo em estado vegetativo, sentido-se obrigada a matá-lo. Furiosa em luto Daenerys queimou Drogo ao se despedir e colocou fogo na bruxa "curandeira" em um gesto de vingança. Porém o fogo também foi seu renascimento, juntando-se a ele e trazendo a vida três dragões...Enfim, não da para imaginar a série seguindo sem essa personagem! 

Espero que tenham gostado da minha review sobre a 1° Temporada de Game of Thrones, Esse foi um resumão de tudo que aconteceu, mas ainda há muito para se ver nessa primeira temporada, e vale muito à pena conferir cada detalhe. Estou super empolgada com a série de TV e livros e cada dia mais interessada agora que compreendo um pouco melhor sobre esse rico universo criado por George R.R. Martin. Então sim, vou colocar mais conteúdos de Game of Thrones aqui no Paraíso dos Livros em breve, podem aguardar!

Até a segunda temporada, leitores!

Confira Trailer abaixo:





segunda-feira, 6 de maio de 2019

Resenha | O Poder de Mudar Hábitos - Caiene Cassoli




Autor: Caiene Cassoli
Editora: Ideias & Letras
Páginas: 72
Avaliação:
      


Este livro cutinho vai fazer você avaliar seus conhecimentos e hábitos, abrindo sua mente para uma nova perspectiva. Ele não funciona como um manual com regras a serem seguidas ou deseja ensinar algo, apenas explora uma situação, mostrando que a forma como reagimos a ela, e a atitude tomada será decisiva para os resultados finais. 

Mudar hábitos, costumes, muitas vezes pode abrir portas para o novo, para coisas que por conta da rotina e tendência em manter tudo como está, acabamos ignorando sem nos darmos conta das possibilidades que está diante de nós. Este livro, consegue mostrar ao leitor novas maneiras de lidar com situações do dia a dia, substituindo pontos negativos por resultados satisfatórios. Enfim, um bom livros para rever conceitos e questionar opiniões.



sábado, 4 de maio de 2019

Notícias | Confira o trailer final de 3x21 e 3x22 de Shadowhunters



Chegou a hora de dizer adeus...

Shadowhunters estará se despendido na próxima segunda-feira dia 6 de Maio ( ou terça para assinantes da Netflix ) com seu episódio final de 2h e meia, que será dividido entre os episódios 3x21 e 3x22. Sim, é triste, principalmente para nós fãs que desejávamos tanto uma quarta temporada, e vimos a evolução da série após tantas críticas, mas os produtores garantiram que ficaremos felizes com o desfecho da série.

ATENÇÃO O CONTEÚDO ABAIXO TEM SPOILERS DE 3X20.

O episódio 3x20 foi marcado por perdas, descobertas, reconciliações, lutas, amor, sacrifício e também pela quebra da união da runa dos irmãos, libertando Clary do seu laço com Jonathan Morgenstern que assumiu sua forma demoníaca. Gostaria muito, de ver mais da relação pai e filho de Magnus com Asmodeus, mais da Rainha Seelie e Jonathan, mais do futuro relacionamento de Sizzy que vinha sendo desenvolvido calmamente, porém esse episódio já foi o fechamento de algumas histórias.

Teve combate na floresta da divagação Seelie com o elenco principal lutando pela vida de Clary, e como era previsto, Jace finalmente usa a espada Gloriosa para quebrar a ligação dela com o irmão. Assim, Jonathan ganha asas negras, olhos demoníacos fugindo com a espada Estrela da manhã, rumo a Alicante, Idris.  Maryse salva nosso precioso #Malec ao descobrir do sacrifício de Alec para que Magnus voltasse a ter magia, dando todas as pistas necessárias para Magnus descobrir a verdade sobre seu pai Asmodeus.  Então, mesmo que o pai do ano tenha acabado de ajudá-lo a recuperar seu apartamento transformando Lorenzo em um lagarto ( foi uma ótima cena de vingança), Magnus joga todos os fatos sobre a mesa e banindo seu pai para o limbo, dimensão na qual nunca poderá retornar...Ah que pena!

Ainda em 3x20 Jordan revela que tem pouco tempo de vida a Maia, dando o soro da gloriosa para que ela possa ter uma nova vida sem ele ( Muito triste, quando Maia vai ser feliz nessa série? ). Luke age de forma suspeita quando o Praetor pende para que recupere o soro. Maia entrega o soro a Luke, afinal confia nele. E na sequência, Jordan morre na praia com Maia ao seu lado. Sim, os produtores deram esperanças a nós como foi no caso de Max, porém dessa vez assim como nos livros Jordan também falece, muito ruim isso, triste...  continuando. 

Novamente #Sizzy fica no quase. Não é possível, os produtores deixaram para os últimos episódios! Está certo que Izzy e Simon só assumem serem um casal no último livro dos Instrumentos mortais, mas na série poderia ser mais rápido, como foi com #Malec, né? Falando em Magnus e Alec, o feiticeiro segue para Alicante para lutar com seu amado. Durante a guerra de demônios e shadowhunters #Clace tem uma cena muito emocional onde Clary diz que Jace ficará com ela até sua ultima respiração, tão apaixonados em meio ao caos.  Antes de fugir de Alicante, Jonathan revela a eles que o portal que abriu não há como ser fechado, destruindo a espada Estrela da Manhã. Ou seja só descobriremos o final desse vilão sem limites, na próxima semana. 

Magnus comunica a Alec que sabe sobre Asmodeus, e sabe o que Alec esqueceu em Nova York, as alianças de compromisso ( Sempre soube que seria você que faria o pedido Magnus, tão romântico!). Sim, leitores! #Malec finalmente ficaram noivos nesse episódio. Após esse momento tão esperado pelos fãs, Magnus mais uma vez se sacrifica pelos shadowhunters e decide fechar o portal do lado de Edom, onde ficará preso no processo. Alec cai ao chão as lágrimas, pois agora que tem Magnus novamente é obrigado a perdê-lo para salvar seu mundo, pobre Alec, também sentimos sua dor! 

Como nos livros, parece que a série terminará com um casamento grandioso encerrado o arco de amor, batalhas e conquistas do mundo das sombras, porém dessa vez não será Jocelyn e Luke, já que a mãe de Clary foi morta na série, e Luke está secretamente com Maryse Lightwood, e sim o casal de mais destaque na série #Malec. Eles merecem serem felizes depois dessa 3B tão sofrida! Vale lembrar que no trailer de 3x21 e 3x22 ainda temos um fato suspeito, será que Luke voltará a ser um shadowhunter? Bom ele tem runas pelo corpo...

Esse foi um dos melhores episódios até aqui, e só de imaginar que este seria o final da terceira temporada, fico pensando como seria uma quarta, com certeza superaria novamente a expectativa de seus fãs! Bom, Shadowhunters foi uma série altamente criticada no começo, evoluindo consideravelmente ao longo dos episódios e com certeza vai fazer falta para todos aqueles que ama as histórias da nossa querida e amada autora Cassandra Clare.

O último episódio de Shadowhunters vai ao ar na Freeform dia 6 de Maio, segunda-feira e dia 7 na terça na Netflix.

Confira trailer final de 3x21 e 3x22 de Shadowhunters abaixo:  


quinta-feira, 2 de maio de 2019

Lançamento | Editora Intrínseca divulga nova versão de Bird Box


Olha só, essa novidade que a Editora Intrínseca divulgou hoje em seu instagram!

O livro Bird Box está ganhando uma nova versão lindíssima, baseada na adaptação que foi sucesso no inicio desse ano pela #Netflix.  Essa versão de luxo de capa dura, vêm com dez ilustrações e um conto original. Dá até vontade de ler Bird Box novamente só para ter essa beleza em mãos! Aqui no #paraisodoslivros você encontra a resenha de #BirdBox, para ler, Clique Aqui. Confira o recadinho da editora abaixo: 


 " A arrepiante história de um mãe que precisa sobreviver com seus dois filhos em um mundo onde abrir os olhos pode ser fatal, ganhou uma edição de luxo trilateral, 'Caixa de Pássaros ' possui conteúdos inéditos imperdíveis: dez ilustrações e um conto original. Quem vai correndo garantir o seu?"



Atividades do Blog