segunda-feira, 22 de maio de 2017

Resenha | Buscando a morte encontrei a vida - Ricardo Oscar



Autor: Ricardo Oscar
Editora: Talentos da Literatura Brasileira - Novo Século
Páginas: 136
Avaliação:
    


Imagine o seguinte cenário: Você é um homem com um bom emprego, encontra uma boa parceira, se apaixona e juntos constroem uma família. Logo tem um filho e quando ele cresce ao realizar um pequeno sonho dele, isso acaba se tornando uma grande tragédia. Essa é a história de Wagner.
Este protagonista vê sua vida feliz de realizações, ser arruinada após presenciar o enforcamento de seu filho Gabriel de maneira acidental. Depressivo Wagner não conseguiu seguir adiante sua vida com sua esposa Rafaela e tenta se suicidar jogando-se de uma ponte. Mas uma voz em seu subconsciente diz para não fazer isso, ele escuta, porém acaba sendo atropelado e uma profunda viagem dentro de seu ser se inicia em um navio chamado H.A.R.C.A. 

Uma das coisas que mais me chamou a atenção desde a primeira vez que o vi este livro na "Troca literária" da Editora Novo Século em 2015, foi seu título. Fiquei intrigada e imaginando que tipo de história encontraria em suas páginas. Desde que iniciei a leitura de "Buscando a morte encontrei a vida" soube qual seria o final de Wagner. Porém ao chegar ao último capitulo ainda sim me perguntei qual seria o fechamento que o autor tinha feito. Esse misto de saber o real estado do protagonista e mesmo assim esperar por surpresas, fez com que eu criasse expectativas quando na verdade não deveria. Por outro lado me fez pensar que semelhante a vida, às vezes sabemos os resultados, mas almejamos coisas diferentes e essa reflexão final parece ser a essência do personagem principal. 

Wagner tenta se suicidar, mas não faz. Por alguns breves segundos ele sabe qual seria seu fim, por suas ações mal planejadas. Porém não tinha ainda refletido sobre isso. Sua alma vê seu corpo e fica a sensação que tudo que ele deseja é retomar sua vida. Ele quer um resultado diferente quando ele mesmo tentou tirar a própria vida, porém teme ser tarde de mais agora que entende que foi um acidente. Rafael, seu mentor do outro lado da vida mostra a Wagner que todas as atitudes que são decididas têm uma causa e um efeito para acontecer. Que não foi meramente ao acaso. E essa profundidade espiritual se faz presente em todos os capítulos do livro. Juntamente a Wagner mergulhamos em seu interior para compreender as partes que compõe sua alma. 

Apesar de o livro não citar religião e mencionar Deus em várias páginas vi muitos aspectos budistas nele. Quando li sobre a parte que relata para Wagner que a alma está em constante aprendizado, evoluindo ao longo de suas reencarnações é um exemplo disso. Outro momento foi o entendimento sobre o real motivo da morte de Gabriel, como as vidas dos três protagonistas: Wagner, Rafaela e Gabriel sempre estiveram interligados. Que esta vida de sofrimento na verdade foi uma escolha deles para pagar atrocidades de outras vidas, entre diversos outros fatos muito significativos para história de modo geral. 
"Buscando a morte encontrei a vida" é um livro para refletir sobre o real significado da vida e da morte. Levando seu leitor a ver que a morte talvez não seja um ponto final e sim o começo para algo que vai além de nossa compreensão, que se uma missão termina em plano terrestre, ainda sim continuará evoluindo em plano espiritual.

4 comentários:

  1. Uau, não conhecia esse livro, parece bastante forte. Deve ser bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom, faz pensar bastante sobre espiritualidade é interessante.

      Excluir
  2. Parece-me interessante e ao mesmo tempo a 'Resenha" fez-me lembrar de "Cabana"
    almejo sucesso

    ResponderExcluir

Atividades do Blog