segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Citações do livro "Depois de Você" (35)



" Tenho vontade de dizer que não posso retornar a Storfold e ser de novo aquela garota. Não quero sentir o peso da recriminação cuidadosamente disfarçada da minha mãe, da determinação alegre do meu pai garantido que está tudo bem, está tudo bem. Não quero passar todo dia pela casa de Will, pensar no que eu vivi, no que vai estar sempre ali." - Pág. 22


" Assim, tendo perdido minha família e o homem que eu amava, todos os vínculos que eu possuía com quem eu era foram cortados. Tinha a sensação de que eu simplesmente saíra voando, sem amarras, para algum universo desconhecido." - Pág. 24



" Mesmo se eu conseguisse apagar tudo da memória, eu nunca poderia me dissociar da morte de Will. Meu nome estaria ligado ao dele enquanto houvesse pixels e uma tela. As pessoas me julgariam com base no conhecimento mais superficial - ou às vezes sem qualquer base - e eu não podia fazer nada a respeito." - Pág. 34



" Na maior parte do tempo eu me sentia razoavelmente satisfeita com a minha vida. Já tinha comparecido a várias sessões de grupo para saber que era importante ser grato pelos simples prazeres. Eu tinha saúde. Eu me reaproximara da minha família. Estava trabalhando. Se não havia feito as pazes com a morte de Will, pelo menos sentia como se talvez estivesse saindo da sombra dele." - Pág. 106



" Aprendemos a conviver com a perda, com as pessoas que nos deixam. Porque elas permanecem conosco, mesmo não estando vivas, mesmo não respirando mais. Não é a mesma dor avassaladora que sentimos no começo, aquela que nos invade e dá vontade de chorar nos lugares errados, que nos deixa irracionalmente irritados com todos os idiotas que ainda continuam vivos, enquanto quem amamos está morto. Mas aprendemos a nos adaptar. É como se acostumar com um buraco dentro de nós." - Pág. 112



" Às vezes eu tinha a sensação de que todos nós estávamos no mesmo mar de sofrimento, relutando em admitir para os outros até que ponto estávamos apenas acenando ou já nos afogando." - Pág. 137



" - Eu só queria me sentir viva.
Houve um murmúrio de concordância após a última palavra que eu disse. Era o que todos queríamos, em última instância, para nos libertar do nosso luto. Ficar livre desse submundo dos mortos, com metade do nosso coração perdido embaixo da terra ou preso em pequenas urnas de porcelana. Era bom ter algo positivo para dizer pela primeira vez." - Pág. 147



"Durante alum tempo, você vai se sentir pouco à vontade em seu novo mundo. É sempre estranho ser arrancado de sua zona de conforto (...) Você tem ambição, Clark. É destemida. Mas escondeu essas qualidades, como quase todo mundo.

Apenas viva bem. Apenas viva,

Will Traynor." - Pág. 170



"Quero ficar com ele, mas estou com medo. Não quero que toda a minha felicidade dependa de outra pessoa, não quero ser refém de destinos que não consigo controlar. " - Pág. 187



" Sentir o clima mudar. E, só para surpreendê-lo, entrei de roupa na banheira e o beijei enquanto ele ria e bufava. De repente fiquei com a solidez que ele oferecia naquele mundo onde era tão fácil cair." - Pág. 192


" Não podia revelar que aquele emprego me assombrava da hora em que eu acordava até a hora em que eu ia dormir. Não importava o que eu dizia a todo mundo, eu sabia que sempre me arrependeria profundamente de ter perdido a oportunidade de morar e trabalhar em Nova York. Que por mais que eu dissesse a mim mesma que haveria outras chances, outros lugares, eu teria que carregar comigo essa oportunidade perdida, como uma bolsa barata que, aonde quer que fosse, eu me arrependeria de ter comprado." - Pág. 253


" Às vezes reparo na vida das pessoas à minha volta e me pergunto se não estamos todos destinados a deixar um rastro de estrago. Não são só seus pais que fundem a sua cuca. Olhei ao redor como se de repente tivessem me entregado óculos limpos, e notei que quase todo mundo carregava a marca brutal do amor, fosse perdido, roubado ou simplesmente sepultado num túmulo." - Pág. 265


" - Ei Lou! - gritou ela. - Só queria falar de novo que seguir em frente não significa que você amou menos o meu pai, sabe. Tenho quase certeza de que ele diria isso." - Pág. 272



"Foi o ''talvez'' que me fez tomar a decisão. Tinha algo definitivo naquela palavra, como uma porta sendo fechada lentamente. fiquei olhando para o celular enquanto aquelas inúmeras pessoas chegando para trabalhar na cidade me rodeavam, e algo dentro de mm também mudou. Eu poderia ir para casa lamentar mais uma coisa que eu havia perdido ou poderia abraçar uma liberdade inesperada. Era como se uma luz tivesse se acendido: a única forma de evitar ser deixada para trás era começar a seguir em frente." - Pág. 273


" Eu havia superado. A luta deles não era mais a minha. Eu não ia parar de chorar por Will, nem de amá-lo, nem de sentir falta dele, mas minha vida parecia ter aterrissado de volta no presente. Com uma enorme satisfação, percebi, ainda sentada ali com pessoas que eu passara a conhecer e confiar, que eu queria estar em outro lugar: queria estar numa cama de hospital com um grande homem que, para minha absoluta gratidão, eu sabia que naquele mesmo instante devia estar olhando para o relógio no canto, se perguntando quanto tempo faltava para eu chegar." - Pág. 297



" Fechei os olhos com força, sem querer ouvi-lo, sem querer admitir a verdade do que ele estava dizendo. Enxuguei os olhos com as palmas das mãos. Ele me entregou um lenço de papel e me esperou limpar os borrões pretos do rosto.

- Você fica bem com olhos de panda.
- Acho que talvez eu esteja um pouco apaixonada por você.
- Aposto que você diz isso para todos os homens na UTI." - Pág. 301



"Observei nossas mãos, que estavam entrelaçadas. Fiquei olhando fixamente para elas, como se precisasse decorar o toque da mão dele na minha, como se não tivesse conseguido revisar o conteúdo de alguma prova muito importante que viera antes do esperado. Um pânico estranho crescia dentro de mim, e acho que Sam percebeu, porque apertou meus dedos." - Pág 316


"Ele continuaria ali, observando meu avião ganhar velocidade e subir na imensidão do céu azul. E, com sorte, estaria ali, me esperando, assim que eu voltasse." - Pág. 318


2 comentários:

  1. Estou pulando essas postagens, pois estão na minha estante o Como Eu Era Antes de Você e o Depois de Você ainda não lidos, rs!

    ResponderExcluir
  2. Então corre e lê logo garota! Você não vai se arrepender são livros lindos!

    ResponderExcluir

Atividades do Blog