segunda-feira, 21 de março de 2016

Resenha | Cidade dos Anjos Caídos - Cassandra Clare - Livro 4



Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 362
Avaliação:
      



Adquirindo um novo padrão, agora um pouco mais de Simon, pessoal!

Diferente dos três primeiros livros onde o foco principal era Clary, o quarto livro da série os Instrumentos Mortais narra acontecimentos direcionados a nova vida vampiresca de Simon Lewis. O universo dos caçadores de sombras continuará grandioso, porém as decisões de Simon que ocupará maior parte das páginas.
Uma versão que entende melhor seus sentimentos, menos apaixonada por Clary e indecisa entre ficar com Mia e Izzy aparece, alguém que mostra mais coragem e força contra o inimigo e cria laços de lealdade com novos personagens e até mesmo com Jace, sim, Jace e Simon amigos, ou o mas próximo disso #Jamon. 

A apresentação de novos vilões e retorno de um significativo também marcam "Cidade dos Anjos Caídos". O segredo que Clary e Jace compartilham sobre o que aconteceu em Idris, fazem ambos se afastarem, gerando consequências perigosas para todos ao seu redor. Assim como sonhos eram revelados para Clary, neste livro Jace tem pesadelos decorrentes, que o leva a condições extremas, se punindo por acreditar que talvez sua ligação com Valentim no fundo nunca seja quebrada. Os reflexos de suas ações deixam Clary infeliz e sem saber como agir com o namorado. Simon é o único que consegue trazer um pouco de conforto a Jace, algo que vemos pouco até então. 

O relacionamento de Magnus e Alec recentemente assumido, também tem seu equilíbrio abalado com a chegada de Camille, uma vampira nada agradável e ex-namorada de Magnus. Ela faz questão de deixar claro que Alec nunca será imortal como seu amado e um dia terão que se separar, além de revelar outros casos do feiticeiro, desagradando Alec. 

Em "Cidade dos Anjos Caídos" a batalha agora acontece internamente dentro de cada personagem, todos possuem seus conflitos, que são testados por situações inusitadas. Quando a luta contra o demônio maior, mãe de todos os feiticeiros Lilitih ocorre o fechamento da história deste quarto volume não poderia ser mais perfeito em aspecto literário e trágico para Jace. Bem, sobre o final o que posso dizer... Simplesmente supreendente! #Recomendo

2 comentários:

  1. Sabe que acho engraçado, todas as resenhas que leio sobre essa saga me deixam com animada e vejo que são bons, ótimos e sei lá mais o que, mas quando pego o primeiro livro... me falta vontade, já tentei duas vezes :/

    Bom, vamos ver futuramente.

    http://rascunhosehistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Léa, algumas pessoas já me falaram isso também, mas gosto literário é algo bem relativo se diferenciando de pessoa para pessoa, mas no meu caso desde o primeiro livro fiquei apaixonada pela série. Tente dar um chance a serie de TV, caso goste, tente ler novamente os livros pois são bem melhores.

      um beijo :)

      Excluir

Atividades do Blog