terça-feira, 9 de agosto de 2016

Resenha | Harry Potter e o Cálice de Fogo - J. K. Rowling - Livro 4




Autora: J.K. Rowling
Editora: Rocco
Páginas: 584
Avaliação:
      


Que a magia continue!

Neste quarto ano que se inicia algo tem incomodado Harry Potter, sua cicatriz doí e ele presente algo ruim. Com a Copa Mundial de Quadribol se aproximando todos ficam empolgados, porém essa sensação dura pouco, quando alguém conjura a Marca Negra, o temido sinal que Lord Voldemort pode estar retornado. De volta para Hogwarts, todos ficam abalados com os fatos e a situação se agrava quando o cálice de fogo, escolhe o nome de Potter para o Torneio Tribuxo, mesmo depois de Alvo Dumbledore deixar claro que menores de idade não poderiam entrar. Será que Harry teria coragem para desobedecer a regra tão deliberadamente? Ou será que alguém teria colocado o nome do garoto apenas para vê-lo morto?

O livro o "Cálice de Fogo" ganha um aspecto mais sombrio e possui mais suspense. Agora a ameça do Lord das Trevas se torna algo real e ainda mais presente na vida de Potter. A medida que as páginas avançam vemos a evolução de Harry em diversas áreas e como a tragédia que aconteceu com seus pais, realmente tem impactado sua vida. Os sentimentos são muitos intensos e profundos neste quarto volume da série, não apenas para o personagem principal, mas para todos.

Outro ponto em destaque é que diferente do quarto filme, Dobby aparece novamente neste livro e um lado diferente do elfo é mostrado. Além disso sua lealdade a Potter, o faz continuar ajudando o bruxinho. Os elfos ganham grande destaque em Cálice de Fogo, pena que isso não tenha indo para as telinhas. Sirus e Snape são obrigados a fazer as pazes através de Dumbledore...Opa um spoiler apenas para aqueles que querem ler o livro, começarem logo! (rs)

Falando em ler, as partes cortadas do filme do torneio Tribuxo são descritas de maneira empolgantes no livro...J.K. Rowling, sabe mesmo como impressionar! Além disso para você que gosta de Hagrid, saiba que a paixão está no ar e ele tem a chance de mostrar seu "eu apaixonado".

A principio a dinâmica do livro trata-se de diversão, afinal primeiro temos a Copa de Quadribol, depois o Torneio Tribuxo, o baile, as paixões da adolescência aparecendo, Dobby e outros elfos, enfim muita alegria, certo? Então tudo muda repentinamente assumindo uma forma pesada, ganhando um foco diferente. Acredito que por essa razão o "Cálice de Fogo" seja tão impactante, pois essa atmosfera de seu desfecho triste, faz o leitor sentir o peso dos fatos. 

Sem mencionar o que acontece com Cedrico (Nossa, foi tão triste), o uso das proibidas magias imperdoáveis: Cruciatos, Imperius e principalmente Avada Kadavra, sobre os comensais da morte, o ritual de ressuscitação de Voldemort e o segredo de Bartô Crouch Jr, entre essas partes não tem como escolher uma melhor, são perfeitas.

Quando se termina a leitura de "Harry Potter e o Cálice de Fogo" tudo que consegue pensar é : Cadê o meu livro da Ordem da Fênix? 
Com certeza será uma das minhas próximas leituras, pois quanto mais avanço nos livros de J. K. Rowling, mas apaixonada fico pelo seu belíssimo trabalho. #Recomendo




Nenhum comentário:

Postar um comentário