terça-feira, 3 de março de 2015

Resenha | Convergente - Veronica Roth - Livro 3


Autora: Veronica Roth
Editora: Rocco
Páginas: 526
Avaliação:
      

Após uma grande revelação Tris, agora sabe que existe outro mundo além dos das barreiras estabelecidas em sua cidade. Os rastros do caos deixado por Jeanine reflete nos habitantes que recusam-se a "não seguir mais as facções". Enquanto Evely aproveita-se da situação gerando ainda mais caos. Guiados pelo desejo de viver uma nova vida Tris, Tobias e outros ultrapassam os limites da cidade descobrindo que a realidade ás vezes é assustadoramente cruel. Tornando tudo que conhecerão em uma grande mentira. A chama para uma nova guerra é acesa, mostrando que quando algumas decisões são tomadas não se é possível voltar mais atrás e que muitas vezes sacrifícios são necessários não para apenas salvar as pessoas que ama mas também toda nação.


Inteligente, Intrigante, Ousado, Apaixonante e Surpreendente! 


Quatro /Tobias, tem mais visualidade neste último livro já que é narrado em duas perspectivas. Podemos ler os seus pensamentos, medos, sofrimentos e um pouco mais do seu carácter. A missão de Tris e seu sacrifício é algo simplesmente inexplicável. Foi um verdadeiro choque quando li (acredito que sentirão o mesmo) e falaram:

"Vamos lá Tris, já chegamos até aqui! Não é justo!"

Veronica Roth consegue unir a realidade e a ficção no fechamento brilhante da série deixando tudo mais empolgante a medida que as páginas são avançadas. Depois de ler os outros dois livros, chegar em Convergente e perceber que a história fica totalmente diferente é como se tudo que tivesse lindo até ali se tornasse apenas fatos perdidos de uma verdade que deixou de existir. Novos elementos tomam forma sendo possível ver como tudo chegou a determinada situação. Os "Porques" são finalmente revelados. Enfim...Não quero revelar spoilers. Convergente é brilhante, uma das melhores séries que já li.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atividades do Blog