terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Citações do Livro "Halo" (19)


" Havia tanta coisa que não se podia pôr em palavras...Essa era uma das maiores tristezas em relação às pessoas - muitas vezes não há como exprimir seus pensamentos e sentimentos mais importantes, e eles acabam não sendo ditos." - Pág. 20

" Ivy e Gabriel observavam o mundo à sua volta com um olho treinado, cientes dos perigos, mas, para uma novata como eu, as ameaças eram enormes." - Pág. 32 - (Bethany)

" A palpitação no meu peito quando eu olhava para ele me dizia que eu estava em maus lençóis. Eu estava aprendendo a ler os sinais enviados pelo meu corpo e sabia que esse garoto estava me deixando tensa. Mas havia o sinal de outro sentimento, um que eu não conseguia identificar." - Pág. 45

" Quando eu estava perto dele, minha felicidade era tão intensa que o resto do mundo passava a não ser mais que um ruído de fundo. Era como se estivéssemos trancados dentro de uma bolha particular que só um terremoto seria capaz de romper." - Pág. 136

" Às vezes é melhor parar de tentar entender o sentido das coisas. A vida não é totalmente nítida, sempre há áreas um pouco turvas." - Pág. 154

" (...) agora ambos tínhamos um segredo - um segredo perigoso que nos aproximava mais do que nunca. Era como se tivéssemos acabado de selar o laço entre nós, como se tivéssemos eliminado a distância e tornado nosso vínculo definitivo." - Pág. 203

" Fazer de uma pessoa o centro do seu mundo sempre acaba em desastre. Há muitos fatores que não podem ser controlados." Pág. 216

" O anjo veio. O anjo viu. O anjo caiu." - Pág. 388

" Um homem apaixonado é capaz de feitos extraordinários - afirmou Xavier. - Não me importa que você seja um anjo, você é o meu anjo e não vou deixar que vá embora." - Pág. 399 

" Jamais poderia voltar para casa, porque  ele era a minha casa. E fui tomada por um desejo estranho e avassalador de me aproximar dele o  máximo possível, de me fundir  a ele numa promessa de que jamais permitiria que nós separássemos. - Pág. 400

" Aos meus olhos, Xavier não tinha um único defeito, mas não me importaria se tivesse. Eu o amaria ainda que ele tivesse alguma deformidade ou fosse um mendigo maltrapilho, apenas porque era Xavier." - Pág. 401

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atividades do Blog