sexta-feira, 6 de maio de 2016

Cinebook | Capitão América - Guerra Civil #23


Avaliação:
      

Finalmente na última terça-feira (03/05/2016) tive o imenso prazer de assistir Guerra Civil! Recentemente li o livro que é baseado nos HQs e como já havia dito em minha resenha ( Clique aqui para ler ) adaptações na maioria das vezes não são precisas, e este filme não foge da regra. Porém a essência da história ainda está presente em seu contexto.

O conteúdo abaixo contém Spoilers!

Diferente do livro onde "aspirantes a heróis (não tão conhecidos)" acabam colaborando para a morte de muitas pessoas, no filme o atentado provocado por Ossos Cruzados e a tentativa mal executada de Feiticeira Escarlate de tentar contê-lo, é o "fim da linha" para a população ficarem contra os heróis (núcleo principal), levando o governo e a ONU aprovar a lei de registro.

Porém o filme possuí várias perspectivas indo e voltando do presente para o passado onde vemos o Soldado Invernal sendo torturado e cumprindo uma missão. Parece um fato isolado de inicio, mas como tudo tem um sentido no universo MARVEL, logo surge Barão Zemo e junto com ele as lembranças do Homem de Ferro são "ampliadas".

Assim que Tony Stark e Steve Rogers assumem lados opostos, outro super herói , muito comentado nos últimos tempos é apresentado a trama com sua roupa magnifica e com movimentos rápidos, precisos e impressionantes, diria que Pantera Negra foi a grande aposta de Guerra Civil. Após sua aparição, o personagem domina a tela cedendo apenas alguns minutos de sua perfeição para outro tão esperado herói, Homem Aranha.

Para quem leu o livro sabe que Tony é o responsável pela criação da roupa de Homem Aranha, no filme este fato é mantido e apesar de não ter algo metálico a vista, devemos admitir que seu traje não ficou nada mal, não é mesmo? E  quem disse que seria apenas uma participação especial do aranha, tenho o prazer de dizer que vocês estavam enganados! Nosso jovem ganhou um considerável tempo em cena, além de muitas, muitas falas. Gostei muito da interpretação de Tom Holland como Peter Parker (Homem-Aranha). Já estou curiosa sobre o que estar por vim para o personagem.

Agora falando do Visão, achei uma das suas aparições mais fracas. Ele é um ser grandiosos, poderoso e neste filme isso se perde. Já com Feiticeira Escarlate acontece o oposto, seu poder está maior do que nunca. Apesar das divergências de opinião sobre a nova lei de registro, existe uma certa cumplicidade oculta entre estes dois personagens. O que será que a Marvel está planejando para eles, em?

Só para constar, é fã de Capitão América? Homem-Formiga representará muito bem vocês, pode apostar!



Mas vamos ao que interessa Homem de Ferro vs Capitão América. 

Referente ao Homem de Ferro vemos um lado vulnerável pouco visto até então no personagem. Em diversas cenas Tony Stark é colocado a prova com situações intensas fazendo suas emoções serem testadas, mostrando que por traz da armadura também existe um ser humano com sentimentos, preocupações e com traumas que nunca foram superados.

O melhor aspecto do Capitão América, sua lealdade, também é explorado ao máximo em Guerra Civil. Enquanto Tony segue "a maré", o capitão segue seu coração, seus instintos. Seja protegendo seu melhor amigo  Soldado Invernal, seus demais companheiros de batalha, ou até mesmo o Homem de ferro. Ele segue o que acha justo, sendo leal aos seus princípios. 

Guerra Civil atende a expectativa do público, equilibrando história e ação, trazendo humor com novos personagens e intensidade em seus combates. Apesar de não seguir exatamente a história original, o novo formato, assim com seu final deixou muitas possibilidades abertas para a Marvel incluir novos núcleos em Capitão América. Enfim Fãs, este não será o fim de Steve Rogers! 


Um comentário:

  1. Então neh, este filme é bem melhor que o BVS (Batman vs Super Man)...

    Os personagens que eu mais gostei foram: O Homem formiga, Homem aranha e Pantera...

    Gostei muito do final que .......... (spoiler proibido kkkk)

    ResponderExcluir