quarta-feira, 29 de junho de 2016

Resenha | Cidade das Almas Perdidas - Cassandra Clare - Livro 5



Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 434
Avaliação:
     


Diferente do quarto livro onde o foco era Simon, o quinto volta a ser Clary. Arriscaria dizer que este é o livro mais romântico da série dos Instrumentos Mortais. Já sei o que vão dizer: "Nota-se pela capa Karina" (rs). Isso porque diferente dos outros, agora o grande desafio de Clary Fray é recuperar o antigo Jace para sua própria vida. 

No final do quarto livro descobrimos que Lilitih conseguiu completar sua magia ligando as vidas de Jace e Sebastian, logo ambos se tornam um ser dependente do outro, se um morrer o outro morre e o pior Sebastian controla Jace. Com a Clave ainda mais em evidência neste livro, Clary mais uma vez impulsiva vai atrás do que lhe convém indo contra todos para salvar seu amor. Logicamente ela não é a única desesperada para salvá-lo e os irmãos Lightwood entram na jogada. Suas histórias amorosas paralelas aos conflitos, também ocuparam as páginas de Cidade das almas perdidas.

Apesar de este ter sido o livro da série que demorei mais para ler, percebi que mesmo entre tantas idas e vindas conseguia manter o foco da leitura pois os acontecimentos eram dinâmicos, sempre tendo algo que prendia a atenção, causando curiosidade. Pegava-me dizendo várias vezes: "Não acredito que isso está acontecendo! Preciso terminar." 

Mesmo o foco sendo o casal protagonista e a cópia infiel de Valentim, Alec também tem atitudes contraditórias por conta dos seus sentimentos e sua confusão interior acaba lhe custando caro ( Fãs Malec sei que vão odiar Camille ao final do livro). Magnus tem diversos momentos de tirar o fôlego do leitor. (Ficará com o coração acelerado por ele. Ahh Magnus Bane!) Neste livro também descobrimos suas origem, então fiquem ligados! Por outro lado Sizzy finalmente estará mais forte. Izzy finalmente deixa seu lado durão e mostra sua insegurança com o amor e fragilidade. Ela mostra como pode ser doce e apaixonante por dentro. Estou amando ainda mais Izzy depois disso. E Simon você tem minha admiração, você é simplesmente o melhor!

Concluindo "Cidade das Almas Perdidas" termina com muitos "porque" em aberto. Não quero dar ainda mais spoilers, mas nossos queridos personagem terão diversos problemas para resolver e situações para lidar no sexto e último livro da série. Alguns deles tem seus corações partidos, outros precisam revelar o que realmente sentem e tem aqueles que precisam encontrar uma maneira de conviver com as novas condições inesperadas. 

O recado foi dado por Jonathan Christopher Morgenstern: Estou Chegando.
Cassandra Clare por que, faz isso conosco, em? Preciso avançar para o próximo livro, já! 
#Recomendo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atividades do Blog