terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Cine Book | Crepúsculo #10


Avaliação:
      

Já assistir Crepúsculo várias vezes, e assistiria milhares de outras sem o menor sacrifício. Admito que na época era uma fã daquelas que não parava de ler os livros e assistir os filmes. Bom, agora que a fase passou posso dar uma opinião mais precisa sobre o filme, então vamos lá.


Não é difícil entender o sucesso de Crepúsculo: Junte um romance adolescente, uma garota comum desajustada e desastrada (que aparentemente ninguém de interessaria), um vampiro lindo e atraente mas sensível (fugindo dos padrões) que deseja apenas a humana comum depois de anos de solidão e enfim terá a mistura perfeita para milhões de jovens se derreterem idealizado o amor visto nas telinhas. 

Bella Swan é uma tímida garota, que ao ir morar com seu pai, o chefe de policia Charlie, tenta se adaptar a nova vida, intimidade desconhecida até então. 

Ela começa a estudar na pacata escola da cidade de Forks onde conhece os intrigantes membros da família Cullen. Porém apenas um deles vira o foco de sua atenção Edward Cullen.


Logo Edward percebe que Bella possui algo diferente que o atraí como uma imã querendo o sangue dela loucamente. De início ele foge de seu impulso, porém  um acidente inesperado os deixam mais próximo e Edward não consegue evitar seus verdadeiros sentimentos pela jovem. 




O filme começa lentamente, mantendo-se sem muitas cenas de ação, adotando um aspecto mais narrativo. Apenas sentimentos sendo explorados, um romance puro crescendo pouco a pouco bem no ritmo da personagem principal, Bella. As cenas não são totalmente fieis ao livro ( Um certo primeiro beijo acontece em parte diferente no filme, sabe.)


"- E o leão se apaixonou pela ovelha.

- Uma ovelha idiota.

- Um leão, doente e masoquista."




Edward Cullen o personagem mais amado e também o mais criticado ( Um vampiro, que brilha?) descreve bem o tipo "Sem padrões". Ele é romântico, sensível e quer de qualquer modo proteger Bella de outros da sua especie, os vampiros maus e aterrorizantes ( alguém que ele evita ser com todas as forças).


" De três coisas eu estava convicta: Edward era um vampiro. Havia uma parte dele que tinha sede pelo meu sangue. E eu estava irrevogavelmente apaixonada por ele."


Viciados um pelo outro isso ressume o romance de Bella e Edward. O caçador protege sua presa, que está perdidamente apaixonada por aquele que poderia ser seu doce assassino. Como não chamar a atenção?


Stephenie Meyer, acerta a dosagem de amor, perigo e mistério fazendo os leitores e telespectadores ficarem atentos a sua trama fantástica até o final. 

Confira o Trailer Legendado:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atividades do Blog